O PERFIL DO ESTUDANTE INGRESSANTE DE UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DO INTERIOR DO PAÍS: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Luiz Carlos Luckmann Unoesc
  • Eliezer Emanuel Bernart Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoesc

Resumo

A temática do presente texto traz para a discussão a questão do perfil do estudante ingressante de uma universidade comunitária localizada no interior do Estado de Santa Catarina, analisando-se variáveis, tais como, escolaridade, condições socioeconômicas, meio de transporte, cor/raça, grupo familiar, gênero, entre outras. O estudo ancorou-se em fontes bibliográficas, documentais e de pessoas. A análise do perfil dos ingressantes foi feita a partir de questionário organizado por Comissão Própria de Avaliação pertencente à instituição em estudo e dirigido ao universo de estudantes do primeiro semestre dos anos de 2011 e 2012. Como resultados, observou-se que entre os ingressantes há predomínio de indivíduos do sexo feminino, de cor branca, que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio, cujos pais e mães não completaram o ensino fundamental, que possuem grupo familiar composto de 3,48 pessoas, que conciliam estudo e trabalho e cuja família recebe renda média entre 1,38 e 1,72 salários mínimos. O estudo permitiu concluir que o ingressante de uma Instituição Comunitária de Educação Superior diferencia-se de ingressantes de outras modelos de universidade, especialmente, pelas suas condições socioeconômicas.

Palavras-chave: Universidade comunitária. Perfil do ingressante. Condições socioeconômicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Luckmann, Unoesc

Área das Ciências Humanas e Sociais. Professor de Filosofia e de Filosofia da Educação.

Downloads

Publicado

2014-09-08

Como Citar

Luckmann, L. C., & Bernart, E. E. (2014). O PERFIL DO ESTUDANTE INGRESSANTE DE UMA UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DO INTERIOR DO PAÍS: UM ESTUDO DE CASO. Colóquio Internacional De Educação, 2(1), 255–270. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/5053

Edição

Seção

Eixo 2. Organização e gestão da educação básica e superior