A CRIANÇA E A CONSTRUÇÃO DE SIGNIFICADOS POR MEIO DO DESENHO INFANTIL

Autores

  • Arnaldo Nogaro URI- Campus de Erechim
  • Idanir Ecco
  • Aracely Grando

Resumo

O artigo “A criança e a construção de significados por meio do desenho infantil” tem como objetivo mostrar como, sem perceber, no momento em que desenha, a criança transpõe para o papel seu estado anímico, emoções, percepções, compreensões de mundo e expectativas em relação à vida em diferentes nuances e detalhes. Resulta de pesquisa desenvolvida como trabalho de conclusão de Pós-Graduação. Trata-se de uma investigação junto à literatura da área em autores como Vigotsky (1988, 1999, 2002), Sans (2007), Piaget (1990), Lowenfeld (1954), Deroyk (1989). Nosso intuito foi mostrar a importância de conhecer e entender o significado do desenho infantil e como este oportuniza ao professor, compreender e incrementar consideravelmente os dados sobre o seu temperamento, caráter, personalidade, necessidades, enfim, seu desenvolvimento. Em muitas situações os docentes atribuem pouco significado ou secundarizam as produções das crianças por não terem o conhecimento ou saberem de seu real significado. Os desenhos ajudam, também, a descobrir e a reconhecer as diferentes estágios de desenvolvimento e por quais etapas a criança está atravessando, os seus problemas e dificuldades, assim como suas virtudes e capacidades. A abordagem feita visa subsidiar o professor para que qualifique sua intervenção junto à criança e na prática cotidiana consiga interagir com mais facilidade auxiliando-a em seu desenvolvimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arnaldo Nogaro, URI- Campus de Erechim

Doutor em Educação – UFRGS. Professor da URI – Campus de Erechim.

Downloads

Publicado

2014-09-08

Como Citar

Nogaro, A., Ecco, I., & Grando, A. (2014). A CRIANÇA E A CONSTRUÇÃO DE SIGNIFICADOS POR MEIO DO DESENHO INFANTIL. Colóquio Internacional De Educação, 2(1), 743–752. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/4913

Edição

Seção

Eixo 6. Processos do Ensino e da Aprendizagem