ENSINO NA SAÚDE: EXPERIÊNCIA INOVADORA DA ODONTOLOGIA

Autores

  • Rose Maria Makowski UNOESC
  • Andrea Gallon UNOESC
  • Roberta Tagliari da Rosa UNOESC
  • Roberto Cesar do Amaral UNOESC
  • Maurício Silveira Ávila UNOESC

Resumo

A perspectiva que norteia o presente relato se fundamenta no trabalho desenvolvido entre a Assessoria Pedagógica da Área das Ciências Biológicas e da Saúde e o Curso de Odontologia, da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) Campus de Joaçaba, mais precisamente com a reestruturação das práticas pedagógicas do curso envolvendo o ensino por competências. O referencial teórico que fundamentou o trabalho foi Bloom (1983), Perrenound (2000) e Werlang (1999). Foi realizado um projeto piloto com o componente curricular de Prevenção Terapêutica dos Tecidos Duros dos Dentes I (PVTTDD I), o qual havia um grande número de reprovações. O componente passou por alterações, com uma proposta pedagógica inovadora para a área da Odontologia, em que o processo de ensino-aprendizagem baseia-se nas habilidades e competências a serem adquiridas pelo acadêmico, em vez de centrá-lo apenas no conteúdo conceitual, exigindo uma organização dos conhecimentos por intermédio de níveis, onde o acadêmico desenvolve competências básicas, intermediárias e globais de acordo com as exigências apresentadas e a capacidade de enfrentar situações e acontecimentos referentes a uma atividade. Neste trabalho foram relatados os resultados de quatro semestres; 2009/02 e 2010/01 tinham o paradigma de repasse de conteúdos e 2010/02 e 2011/01 com a reestruturação pedagógica mencionada. Um indicador interessante foi quanto ao número de reprovações; 2° semestre 2009: 18 alunos reprovaram, 1° semestre 2010: 15 alunos, 2° semestre 2010: 5 alunos e 1º semestre de 2011: apenas 2 acadêmicos. Nos dois primeiros semestres, o número de alunos reprovados era muito superior e o bom desempenho de cada acadêmico em provas teóricas e práticas, a partir do novo método, indica que o trabalho realizado obteve êxito. Atribui-se esta melhora no desempenho da execução das atividades propostas à adesão da equipe docente, ao manual do aluno e à reorganização dos conhecimentos em uma sequência lógica e gradativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Makowski, R. M., Gallon, A., Rosa, R. T. da, Amaral, R. C. do, & Ávila, M. S. (2011). ENSINO NA SAÚDE: EXPERIÊNCIA INOVADORA DA ODONTOLOGIA. Colóquio Internacional De Educação, 1(1). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/1272

Edição

Seção

Eixo 6. Processos do Ensino e da Aprendizagem