LIDERANÇA E PODER NA MANUTENÇÃO DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO

Autores

  • Kaio Henrique Coelho do Amarante UNIPLAC

Resumo

O poder do líder na sociedade moderna é reflexo de uma aprendizagem que iniciou  na Grécia antiga, quando personalidades tomavam o centro da ágora para seus discursos e faziam com que fossem admirados e seguidos por outros. Esta relação entre líderes e liderados tem sofrido alterações ao longo dos anos, pois o líder, antes admirado como representante, passa a ser temido; em vez de representar o pensamento ou a vontade dos liderados, rende-se às vontades do capital, indo realmente, de encontro com os princípios daqueles que o cederam à oportunidade de ser líder. O artigo foi elaborado a partir de leituras de obras de autores dos mais diversos segmentos, desde a filosofia, passando pela sociologia e administração, fazendo relação com a formação do indivíduo, educação. O objetivo do estudo é demonstrar como o poder e a liderança tem evoluído, passando de seu estado puro na Grécia até a sua transformação como ferramenta de mantença do poder nos dias atuais, ou seja, no fortalecimento das relações de poder e na criação do dogma do capitalismo como único sistema capaz de gerir as mudanças que a tecnologia nos impõe enquanto simples liderados. Aspectos positivos da liderança também são apresentados, demonstrando que a ideia original de liderança e poder ainda pode ser utilizada para a geração do desenvolvimento humano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Amarante, K. H. C. do. (2011). LIDERANÇA E PODER NA MANUTENÇÃO DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO. Colóquio Internacional De Educação, 1(1). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/1252

Edição

Seção

Eixo 5. Educação, Diversidade e Justiça Social