NARRATIVAS DE PROFESSORES SOBRE VALORIZAÇÃO E FORMAÇÃO

Autores

  • Jussara Morandini Strehl UPF
  • Graciela Ormezzano UPF

Resumo

A problemática deste estudo centrou-se na saúde do professor, com o seguinte questionamento: Qual o significado de mal-estar docente e quais as possibilidades de prevenção na visão dos professores? Com base nessa questão, foram elaborados os seguintes objetivos: aprofundar os conhecimentos sobre o mal-estar docente; investigar o que significa mal-estar docente para o professor; observar quais as dificuldades que o professor encontra na escola e se ele consegue relacionar estas com a sua saúde; e, coletar sugestões de alternativas para prevenir o mal-estar docente. Assim, foi desenvolvida uma pesquisa de campo com oito educadores, de quatro escolas distintas da rede de ensino público estadual da cidade de Passo Fundo, RS, sendo necessário que eles tivessem se afastado de suas atividades escolares por motivo de doença – com laudo médico –, mas que já tivessem retomado as suas funções. As indagações foram orientadas por entrevista aberta, cujo intuito foi favorecer a livre expressão dos entrevistados e estimular a abordagem da temática em estudo. A pesquisa se caracterizou por abordagem qualitativa de cunho fenomenológico. A organização e a compreensão das informações foram feitas através do método fenomenológico proposto por Giorgi (2009, 2010) e Comiotto (1992), na tentativa de descrever e perceber cada pessoa dentro de sua singularidade. Dos achados da investigação foi realizado um recorte onde se abordaram os seguintes aspectos: valorização profissional, formação inicial e continuada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Strehl, J. M., & Ormezzano, G. (2011). NARRATIVAS DE PROFESSORES SOBRE VALORIZAÇÃO E FORMAÇÃO. Colóquio Internacional De Educação, 1(1). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/1217

Edição

Seção

Eixo 2. Formação e valorização dos profissionais da Educação