UMA ABORDAGEM DAS TENDÊNCIAS TEÓRICAS SOBRE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Edson Leandro Hunoff Tavares UNISINOS

Resumo

A temática sobre a qualidade da educação vem recebendo uma atenção especial nas duas últimas décadas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), sendo entendida como um dos direitos humanos primordiais. Atualmente, destacam-se diversas tendências teóricas sobre o que vem a ser qualidade da educação, na América Latina, o que torna complexo e estimulante nosso intento de contribuir para o debate que visa sua definição categórica. Trabalhamos com a metodologia histórico-crítica, procurando articular texto e contexto, analisando as pesquisas e publicações da Unesco que se constituíram em fontes para o nosso trabalho numa perspectiva dialética. Nosso objetivo principal neste artigo é o de apresentar algumas das visões teóricas sobre qualidade da educação que se destacaram nas pesquisas e publicações da Unesco sobre a América Latina, desde a década de 1990. Nossa atual realidade histórica é marcada pela nova fase do modo de produção capitalista, caracterizada pela Globalização Neoliberal. A perspectiva educacional da Unesco, a partir da década de 1990, evidenciou a prevalência do enfoque adotado pelo Banco Mundial, fortemente marcado entre sistema educativo e sistema de mercado. Neste trabalho, percebemos a existência de três tendências teóricas sobre qualidade da educação na América Latina. Concluímos, concordando com a ideia de que a definição teórica de qualidade da educação deva ser, prioritariamente, um problema social e político, e não somente pedagógico e técnico; o que quase inviabiliza sua categorização universal ou consensual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Tavares, E. L. H. (2011). UMA ABORDAGEM DAS TENDÊNCIAS TEÓRICAS SOBRE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NA AMÉRICA LATINA. Colóquio Internacional De Educação, 1(1). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/1205

Edição

Seção

Eixo 1 - Estado e Políticas Públicas de Educação