O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO DESENVOLVIDO NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ

Autores

  • Aurélia Lopes Gomes UFFS
  • Greiciele Bisognin UFFS

Resumo

<!-- /* Font Definitions */ @font-face {font-family:SimSun; panose-1:2 1 6 0 3 1 1 1 1 1; mso-font-alt:宋体; mso-font-charset:134; mso-generic-font-family:auto; mso-font-format:other; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:1 135135232 16 0 262144 0;} @font-face {font-family:"Cambria Math"; panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4; mso-font-charset:1; mso-generic-font-family:roman; mso-font-format:other; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:0 0 0 0 0 0;} @font-face {font-family:Tahoma; panose-1:2 11 6 4 3 5 4 4 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-format:other; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:3 0 0 0 1 0;} @font-face {font-family:"\@SimSun"; panose-1:0 0 0 0 0 0 0 0 0 0; mso-font-charset:134; mso-generic-font-family:auto; mso-font-format:other; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:1 135135232 16 0 262144 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-unhide:no; mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:none; mso-hyphenate:none; text-autospace:ideograph-other; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman","serif"; mso-fareast-font-family:SimSun; mso-bidi-font-family:Tahoma; mso-font-kerning:1.5pt; mso-fareast-language:ZH-CN; mso-bidi-language:HI;} .MsoChpDefault {mso-style-type:export-only; mso-default-props:yes; font-size:12.0pt; mso-ansi-font-size:12.0pt; mso-bidi-font-size:12.0pt; mso-fareast-font-family:SimSun; mso-font-kerning:1.5pt; mso-fareast-language:ZH-CN;} .MsoPapDefault {mso-style-type:export-only; mso-pagination:none; mso-hyphenate:none;} @page WordSection1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.WordSection1 {page:WordSection1;} --> Este trabalho é o resultado parcial do projeto de iniciação científica que pesquisa a educação integral e em tempo integral desenvolvida nas escolas de ensino fundamental da região de abrangência da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), e tem como objetivo geral investigar qual a organização curricular das escolas que oferecem tempo integral. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, baseadas em  Guará (2006), Gadotti (2009), Coelho (2002), Moll (2009), SECAD/MEC (2009), Cavaliere (2002), Pucci (2005), Freitas e Galter (2007) e de campo, cujo instrumento de pesquisa utilizado foi o questionário. Nesta fase estamos coletando os dados sobre as escolas da rede municipal de ensino de Chapecó que estão vinculadas ao Programa Mais Educação, analisando sua relação com os encaminhamentos do programa no que se refere ao número de estudantes atendidos e às atividades curriculares e macrocampos que estas escolas adotam.  O Programa Mais Educação de iniciativa do governo federal objetiva contribuir com os munícipios e o estado na melhoria da qualidade do ensino, por meio do oferecimento do tempo integral às crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social e vem acontecendo desde 2007 no país. Em Chapecó 15 escolas da rede municipal de ensino estão vinculadas ao programa, e desenvolvem 32 atividades em seis macrocampos, nas séries iniciais e finais do ensino fundamental. A pesquisa revela que embora a educação integral e em tempo integral não se constitua, ainda, como uma política pública de educação no país ela já se faz presente em nossas escolas e que as instituições que preparam os professores da educação básica tem que tomá-la como objeto de pesquisa, ensino e extensão, para contribuir com a qualidade da educação básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Gomes, A. L., & Bisognin, G. (2011). O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO DESENVOLVIDO NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ. Colóquio Internacional De Educação, 1(1). Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/coloquiointernacional/article/view/1189

Edição

Seção

Eixo 1 - Estado e Políticas Públicas de Educação