DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA: UM ARTIGO DE REVISÃO

Autores

  • Charlene Pompermaier Unoesc Campus Xanxerê
  • Graziela Cristina Bilibio Unoesc
  • Giovani Nicolao Unoesc

Resumo

Atualmente, a depressão em adolescentes é considerada comum, debilitante e recorrente, envolvendo um alto grau de morbidade e mortalidade, representando um sério problema de saúde pública. O objetivo deste artigo foi compreender a depressão na adolescência, sua incidência, sinais e sintomas e os principais fatores de risco para ocorrência. Trata-se de uma revisão integrativa de literatura realizada no mês de março de 2021 na base de dados Biblioteca Virtual da Saúde, utilizando os descritores adolescência e depressão. Foram inclusos seis artigos para debater o assunto.  A incidência é maior em mulheres. Os fatores de risco são história familiar, aspectos relacionados à personalidade, experiências desagradáveis, transtornos mentais em particular a depressão e a falta de sono. Os sinais e sintomas, apresentam queixas físicas, ansiedade, fobias e irritabilidade. Conclui-se que a doença depressiva em adolescentes possui alta incidência. Desse modo, é fundamental o conhecimento em relação aos principais fatores de risco para a doença e o reconhecimento dos sinais e sintomas iniciais para melhor abordagem da equipe de saúde e família.

Palavras-chave: Depressão. Adolescência. Cuidados de Enfermagem.

Biografia do Autor

Graziela Cristina Bilibio, Unoesc

 Graduanda em Enfermagem, Universidade do Oeste de Santa Catarina, SC, Xanxerê, Brasil.

Giovani Nicolao, Unoesc

Graduando em Enfermagem, Universidade do Oeste de Santa Catarina, SC, Xanxerê, Brasil.

Downloads

Publicado

02-07-2021

Como Citar

Pompermaier, C., Bilibio, G. C., & Nicolao, G. R. (2021). DEPRESSÃO NA ADOLESCÊNCIA: UM ARTIGO DE REVISÃO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 6, e27988. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/27988

Edição

Seção

Área das Ciências da Vida e Saúde – Artigos