PREVENÇÃO DE INFECÇÕES

PREVENÇÃO DE INFECÇÕES

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Charlene Pompermaier
  • Fabiana Floriani
  • Vanessa Barrionuevo
  • Adryel Almeida
  • Mirelle Zonato Oliveira

Resumo

O trabalho preventivo de ações em relação a ambientes hospitalares e clínicos vem demonstrando ser o mais eficiente. No cenário da saúde, todos os profissionais envolvidos na assistência ao paciente exercem importante papel no controle de infecções quando do planejamento e organização dos serviços de saúde. A gestão hospitalar, a segurança do paciente e a qualidade destes serviços atrelados ao controle de infecções relacionadas a assistência à saúde, são temas atuais e que vem ganhando cada vez mais destaque. Desde os primórdios da enfermagem, sendo abordados fortemente por Florence Nightingale, os princípios da boa higiene e a importância de possuir um local de acolhimento limpo, afim de suprir as necessidades básicas de cada indivíduo(HOYASHI et al.,2018).

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
23-12-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Pompermaier, C., Floriani, F., Barrionuevo, V., Almeida, A., & Zonato Oliveira, M. (2020). PREVENÇÃO DE INFECÇÕES : PREVENÇÃO DE INFECÇÕES . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e27154. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/27154
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso