HIGIENE DE MÃOS

HIGIENE DE MÃOS

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Charlene Pompermaier
  • Fabiana Floriani
  • Vanessa Barrionuevo
  • Danieli Cristina Santin
  • Emanuelli Girotto

Resumo

As infecções são um problema grave e um grande desafio na área da saúde, exigindo dos profissionais de saúde ações de prevenção e controle. Essas infecções ameaçam tanto os pacientes quanto os profissionais que atuam na área de saúde, podendo levar-lhes sofrimentos e resultar gastos excessivos no sistema de saúde. A técnica de lavagem das mãos envolve procedimentos simples, utilizando água e sabão como forma de reduzir a colônia microbiana presente nas mãos e interromper a transmissão de doenças. O uso de produtos antissépticos, especialmente com base alcoólica, reduz ainda mais os riscos de transmissão, e há redução microbiana com a frequente higienização das mãos, uma potente ferramenta para a prevenção de infecções hospitalares.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
23-12-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Pompermaier, C., Floriani, F., Barrionuevo, V., Santin, D. C., & Girotto, E. (2020). HIGIENE DE MÃOS : HIGIENE DE MÃOS . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e27151. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/27151
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso