MEDIDAS DE PREVENÇÃO DE INFECÇÃO DA CORRENTE SANGUÍNEA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Charlene
  • Vanessa Barrionuevo
  • Fabiana Floriani
  • Sabrina Toaldo Barbosa
  • Thaiane Sembranelli

Resumo

Trata-se de um relato de experiência, das acadêmicas da oitava fase do curso de graduação em Enfermagem da Unoesc Campus Xanxerê, com os profissionais do setor da Cardiologia de uma Unidade Hospitalar do Oeste de Santa Catarina. Nos foi relatado pela enfermeira do setor que o maior problema encontrado são os recorrentes casos de flebite, sendo assim preparamos um material explicativo sobre as medidas de prevenção de infecção de corrente sanguínea. Expusemos as orientações e imagens na parede que dá acesso a copa do setor, onde nosso público alvo que são os profissionais que frequentam o espaço. Os resultados foram estabelecidos por meio de uma conversa para alertar a equipe referente aos riscos de infecção da corrente sanguínea no ambiente hospitalar.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
27-10-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Charlene, Barrionuevo, V., Floriani, F., Toaldo Barbosa, S., & Sembranelli, T. (2020). MEDIDAS DE PREVENÇÃO DE INFECÇÃO DA CORRENTE SANGUÍNEA: RELATO DE EXPERIÊNCIA . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e26606. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/26606
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso