HUMANIZAÇÃO NO CENTRO CIRÚRGICO

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Charlene Pompermaier
  • Juliana Terezinha Tomazelli

Resumo

A hospitalização é uma situação desagradável, ainda mais quando se refere a uma internação para um procedimento cirúrgico. Esse momento é caracterizado por medo, angústia, dúvidas, estresse e ansiedade. A humanização no setor cirúrgico está ligada a equipe multiprofissional atuante e o paciente, compreendendo que o cuidado deve ser ofertado de forma única e individualizada. O trabalho tem por objetivo um relato de experiencia de aula prática no CC de um hospital, com a análise no processo de humanização da assistência. A humanização deve ser utilizada em todos os ambientes tornando as práticas de saúde mais acolhedoras, de forma espontânea seja com os pacientes, colegas e situações vivenciadas na área hospitalar.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
07-10-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Pompermaier, C., & Tomazelli, J. T. . (2020). HUMANIZAÇÃO NO CENTRO CIRÚRGICO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e26530. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/26530
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso