INTERCORRÊNCIAS E CUIDADOS PRESTADOS EM PACIENTES PÓS ANESTESIA RAQUIDIANA

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Charlene Pompermaier
  • Gabriela Zmieski Zanella

Resumo

O período pós anestésico inicia-se na Sala de Recuperação Pós-Anestésico, onde seus sinais vitais são estabilizados e suas funções cognitivas e sensitivas são retomadas, um período muito importante pois a maioria das intercorrências correm nas primeiras 24 horas, com mais intensidade no primeiro momento. Na primeira hora os sinais vitais são monitorizados eletronicamente e anotados de 15 em 15 minutos, sendo comparados com os sinais registrados durante o ato cirúrgico. Também é nessa sala que são realizadas os primeiros analgésicos e avaliado sangramentos, diurese e drenos, pois qualquer alteração da normalidade o médico anestesiologista está próximo para ser comunicado de qualquer intercorrência. Somente após a alta do anestesista o paciente pode ser liberado da sala.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
07-10-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Pompermaier, C., & Zmieski Zanella, G. . (2020). INTERCORRÊNCIAS E CUIDADOS PRESTADOS EM PACIENTES PÓS ANESTESIA RAQUIDIANA . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e26528. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/26528
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso