Contaminação em Centro Cirúrgico

Contaminação em Centro Cirúrgico

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Edineia Paludo
  • Charlene Pompermaier

Resumo

As infecções hospitalares são definidas como aquelas adquiridas após, durante e até mesmo depois da internação do paciente, desde que possam ser relacionadas com a internação ou procedimentos invasivos. A multiplicidade de fatores que envolvem o controle de infecções tem dificultado a implementação de um efetivo programa de ações preventivas e controladoras, representando desafios cada vez maiores aos profissionais de saúde. Assim, foram objetivos desse relato de caso, descrever as principais causas de infecção no sítio cirúrgico ; pesquisar a atuação da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar na prevenção das Infecções no sítio cirúrgico e investigar as condutas de Enfermagem para a prevenção das Infecções no sítio cirúrgico.

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
06-10-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Paludo, E., & Pompermaier, C. (2020). Contaminação em Centro Cirúrgico: Contaminação em Centro Cirúrgico. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e26524. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/26524
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso