A IMPORTÂNCIA DA HIGIENE DAS MÃOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA - UM RELATO DE CASO

  • Charlene Pompermaier Unoesc Campus Xanxerê
  • Ana Carolina Xavier
  • Flavia Nossal

Resumo

Introdução: As mãos dos profissionais da saúde são um dos principais meios de transmissão de microrganismos no ambiente hospitalar. Objetivo: Descrever a condução de uma atividade educativa realizada para a melhoria da adesão à higienização das mãos entre os profissionais e acompanhantes dos pacientes internados na UTI. Método: Confecção de um folder explicativo e roda de conversa com os visitantes e uma dinâmica com a equipe multiprofissional. Resultados: Participaram da atividade 15 acompanhantes e 11 integrantes da equipe do turno diurno. Após a abordagem todos os visitantes higienizaram as mãos, já os colaboradores, reconhecem que nem sempre priorizam a higiene das mãos durante a assistência. Conclusão: São necessárias estratégias de capacitação tanto à equipe quanto aos acompanhantes.

Publicado
18-05-2020
Como Citar
Pompermaier, C., Carolina Xavier, A., & Nossal, F. (2020). A IMPORTÂNCIA DA HIGIENE DAS MÃOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA - UM RELATO DE CASO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e24185. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/24185
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Relatos de caso