ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE CONFLITOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE CONFLITOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE

  • Elenir Salete Frozza Salvi Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Mayara Santos
  • Salete Bellaver

Resumo

O trabalho em equipe, embora não seja exclusividade da Saúde da Família, representa um de seus principais pilares. A integralidade das ações na Unidade de Saúde favorece um cuidado interdisciplinar ao paciente. Para isso, é imprescindível o desenvolvimento de uma boa prática comunicativa entre os profissionais. O enfermeiro, além de seus conhecimentos científicos, deve desenvolver competências na gestão de conflitos e habilidades para liderar e gerenciar atividades. Pensando nisso, foi realizado um encontro com todos os profissionais que atuam na Unidade Básica de Saúde Hélio Ortiz, o qual objetivou-se sair da rotina do trabalho e melhorar a socialização entre os colaboradores. Utilizou-se a dinâmica “Verdade e Mentiras”, a qual cada um da equipe deve falar quatro afirmações sobre si, duas verdadeiras e duas falsas. A equipe deve tentar descobrir quais são as verdadeiras, aumentando a interação e o conhecimento sobre os colegas. Como forma de garantir a continuidade da prática, implantou-se a realização do encontro uma vez por semana, a qual um funcionário se responsabiliza por trazer uma mensagem motivacional, lanche ou exercício de sua escolha. Com isso, a equipe se torna mais unida, os profissionais conhecem melhor uns aos outros e o enfermeiro consegue gerir melhor a equipe. Os conflitos impactam diretamente no cuidado ao paciente. Diante disso, o desenvolvimento de um momento de socialização entre os colaboradores contribui para aproximar a equipe e melhorar a qualidade da assistência.

Palavras-chave: Equipe de assistência ao paciente. Conflito psicológico. Socialização. 

Biografia do Autor

Elenir Salete Frozza Salvi, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (2000) e graduação em Enfermagem pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2006). Tem experiência na área de Gerência no Serviço de Enfermagem e Enfermagem Administrativa, MBA em Ciências da Saúde - Área de Concentração em Urgências. Atualmente é coordenadora e professora titular no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade do oeste de Santa Catarina, (Campus de Xanxerê/SC).
Publicado
13-05-2020
Como Citar
Frozza Salvi, E. S., Santos, M., & Bellaver, S. (2020). ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE CONFLITOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE : ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE CONFLITOS EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Xanxerê, 5, e24154. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeux/article/view/24154
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos