AVALIAÇÃO DO HÁBITO DE HIGIENE DAS MÃOS DOS FREQUENTADORES DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO EM UM MUNICÍPIO DE VIDEIRA - SANTA CATARINA

Autores

  • Layz SELZLEIN
  • ANA PAULA SCHERER DE BRUM UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Resumo

A higiene das mãos, como importante medida de controle de infecção, há muito tempo vem sendo estudada, e é a medida mais simples e efetiva para prevenir infecções. Segundo a Anvisa, as mãos devem ser higienizadas com água e sabonete em diversas situações. Diante disto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar os hábitos da higienização das mãos dos frequentadores de uma Unidade de Alimentação e Nutrição em Videira, Santa Catarina. A coleta de dados se deu no GRSA – Grupo de Soluções em Alimentação e Serviços de Suporte no período total de 10 dias consecutivos. A pesquisa começou diante uma observação dos frequentadores, ao chegarem no restaurante e se deslocarem ao lavatório para higienização de mãos antes do autosserviço. Foram observados a higienização de mãos, higienização antisséptica e a não higienização. A evidência amostral indicou significância à fixação do cartaz explicativo, influenciando na média de higienização das mãos pelos comensais.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Como Citar

SELZLEIN, L., & SCHERER DE BRUM, A. P. (2021). AVALIAÇÃO DO HÁBITO DE HIGIENE DAS MÃOS DOS FREQUENTADORES DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO EM UM MUNICÍPIO DE VIDEIRA - SANTA CATARINA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 6, e29366. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/29366

Edição

Seção

Área das Ciências da Vida e Saúde – Artigos