REFLEXÕES SOBRE MANIFESTAÇÕES DIGESTÓRIAS E INTERVENÇÃO DIETÉTICA DOS PORTADORES DE TEA: UMA REVISÃO LITERÁRIA

Autores

  • Elediane Rodrigues Moreira
  • ANA PAULA SCHERER DE BRUM UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

Resumo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um transtorno do desenvolvimento neurológico, caracterizado por dificuldades de comunicação e interação social e pela presença de comportamentos e/ou interesses repetitivos ou restritos. Seus principais sintomas incluem comportamento auto e hétero agressivo, deficiência intelectual, déficit de atenção, hiperatividade, ansiedade e complicações gastrointestinais. O objetivo foi revisar a literatura disponível sobre comportamento alimentar e nutricional de crianças portadoras de Transtorno do Espectro do Autista (TEA). Os estudos pesquisados em sua maioria indicaram que mudanças positivas aconteceram nos sintomas de TEA quando houve intervenção dietética como a melhora no contato ocular, melhora do sono, melhora no nível de concentração, diminuição das estereotipias verbais e motoras, melhora na linguagem, melhora na relação social, e outros. Contudo dietas de exclusão podem acarretar deficiências nutricionais, nem sempre supridas com suplementos alimentares. Portanto o profissional nutricionista para o grupo de TEA é essencial, tanto de forma individualizada quanto no âmbito familiar, com orientações para mudança de hábitos alimentares e prevenção de carências nutricionais.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Como Citar

Rodrigues Moreira , E. ., & SCHERER DE BRUM, A. P. (2021). REFLEXÕES SOBRE MANIFESTAÇÕES DIGESTÓRIAS E INTERVENÇÃO DIETÉTICA DOS PORTADORES DE TEA: UMA REVISÃO LITERÁRIA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 6, E29365. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/29365

Edição

Seção

Área das Ciências da Vida e Saúde – Artigos