NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA EM IDOSOS DA UNIVERSIDADE DA TERCEIRA IDADE (UNITI) NO MUNICÍPIO DE VIDEIRA - SC

Autores

  • Stéffani Pessin Di Domênico Unoesc
  • Luiz Eduardo Bondan Unoesc
  • Lindomar Palmera Unoesc

Resumo

O processo de envelhecimento está relacionado à capacidade de adaptação do indivíduo às agressões do meio ambiente, descrito como processo natural e irreversível. A senescência também provoca o aparecimento de múltiplas doenças e, muitas delas, associadas à inatividade física. O objetivo do estudo foi identificar o nível de atividade física em idosos
da Universidade da Terceira Idade (UNITI), no município de Videira – SC. A pesquisa foi caracterizada por um estudo de campo, descritiva e quantitativa. O grupo pesquisado foi composto por 14 idosos do sexo feminino, escolhidos  aleatoriamente, com idade igual ou superior a 60 anos. Para a coleta de dados, foi utilizado o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). Os resultados obtidos no estudo, mostram que 85% dos pesquisados são ativos, realizando atividades físicas regulares, e 15% são muito ativos. Conclui-se que em relação ao nível de atividade física, os pesquisados foram classificados como fisicamente ativos.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Como Citar

Pessin Di Domênico, S. ., Bondan, L. E., & Palmera, L. (2021). NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA EM IDOSOS DA UNIVERSIDADE DA TERCEIRA IDADE (UNITI) NO MUNICÍPIO DE VIDEIRA - SC. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 6, e29336. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/29336

Edição

Seção

Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos