A INFLUÊNCIA DO ESTILO ROMÂNTICO EUROPEU NA ARQUITETURA DA IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Autores

  • Alessandra Tedesco Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Laís Frozza Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Lara Lima Felisberto Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Merilena Alves de Lima Bueno Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Juliana Aparecida Biasi Universidade do Oeste de Santa Catarina http://orcid.org/0000-0002-1543-9919

Resumo

No centro da cidade de Treze Tílias (SC), está a Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O objetivo deste artigo é verificar a influência cultural austríaca na arquitetura desta Igreja, a partir do estudo dos seus elementos arquitetônicos para traçar um paralelo com a arquitetura Romântica Europeia. Esta pesquisa utilizou os métodos de referencial teórico e visitas in loco para estudo de caso. Conforme estudos avançam, ficam claras algumas semelhanças entre ambas arquiteturas, demonstrando que, mesmo com materiais diferentes, pôde-se seguir movimentos artísticos difundidos ao redor do globo.

Biografia do Autor

Juliana Aparecida Biasi, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Graduada em Arquitetura e Urbanismo (PUCPR/2006), pós-graduada em Engenharia e Gestão de Projetos (PUCPR/2011) e é Mestre em Engenharia Civil (UTFPR/2018). Atualmente é arquiteta, urbanista, paisagista e professora de graduação da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Tem experiência nas áreas de Arquitetura e Urbanismo e Ensino, com ênfase em projetos, consultoria, gestão de projetos e obras nas subáreas de arquitetura, urbanismo, interiores e arquitetura paisagística.

Downloads

Publicado

19-07-2021

Como Citar

Tedesco, A., Frozza, L., Felisberto, L. L., Bueno, M. A. de L., & Biasi, J. A. (2021). A INFLUÊNCIA DO ESTILO ROMÂNTICO EUROPEU NA ARQUITETURA DA IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 6, e28098. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/28098

Edição

Seção

Área das Ciências Exatas e Tecnológicas – Artigos