AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL DOCORPO DEBOMBEIROS NO MUNICÍPIO DE VIDEIRA –SC

  • Ana Paula Ariotti
  • Laura Vanzela

Resumo

Este trabalho foi realizado como propósito de avaliar o estado nutricional, a prevalência de sobrepeso e obesidade,e oriscos de doenças cardiovasculares do Corpo de Bombeiros de Videira-SC. Para o seu desenvolvimento,realizou-se a aferição do índice de massa corporal (IMC) e da circunferência abdominal(CA). Foram avaliados 23 bombeiros, de 21 a 54 anos, sendo a maioria (91,3%) de 21 a 29 anos. De acordo com o IMC, 26,1% foram considerados eutróficos, 52,2% sobrepesos, 17,4% com obesidade grau I e 4,3% grau II. Os resultados da CAdemonstraram que 69,6% não tinhamrisco dedesenvolver doença cardiovascular,13% tinham risco elevado e 17,4% um risco muito elevado. No que diz respeito à atividade física, dos 70% relataram praticá-la, do quais 37,14% praticavam três vezes por semana e 62,86% todos os dias.Tais resultados ressaltam a importância do trabalho conjunto entre atividade física e dieta equilibrada, numa população de trabalhadores que é duramente solicitada paraatividades que requerem presteza e prontidão no agir. Palavras chave:bombeiros, avaliação nutricional, IMC, circunferência abdominal.

Publicado
13-07-2020
Como Citar
Ariotti, A. P., & Vanzela, L. (2020). AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL DOCORPO DEBOMBEIROS NO MUNICÍPIO DE VIDEIRA –SC. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 5, e24717. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/24717
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Artigos