RELACIONAMENTO ABUSIVO: a violência disfarçada de Afeto - 7º Ciclo de Debates em Psicologia

  • Giancarlo de Aguiar
  • Fabiana Piccoli D' ´Agostini
  • Taisa Trombetta DeMarco Unoesc
  • Adriano Schlosser

Resumo

A violência pode chegar a limites extremos, da agressão psicológica, através de brigas, ofensas e discussões, que levam desde ao desentendimento hostil e agressão física, até a própria morte. De acordo com os dados do Relatório Mundial sobre Violência e Saúde (2002), a Organização Mundial da Saúde (OMS) sugeriu a classificação de três categorias referentes ao conceito de violência, a saber: violência autoinfligida, interpessoal e coletiva. A violência autoinfligida é definida como comportamento suicida e autoabuso. A violência interpessoal possui duas categorias, a familiar ou parceiro íntimo (dentro da residência) e em comunidade, conhecidos e desconhecidos. A violência intrafamiliar está incluída na categoria violência interpessoal e ocorre, em maior parte, entre os familiares e parceiros íntimos; enquanto que a violência coletiva se apresenta em três esferas: social, política e econômica. A violência intrafamiliar, também chamada de doméstica, envolve os maus-tratos conjugais, maus-tratos infantis, maus-tratos ao idoso, e violência por parceiro íntimo, e estas podem ocorrer tanto fisica como psicologicamente.
Nesse contexto, a violência doméstica faz parte do estudo do fenômeno assédio moral, que segundo Hirigoyen (2000) pode ocorrer tanto na estrutura familiar, como nas escolas e nas organizações. É definida como a exposição de indivíduos a situações humilhantes e vexatórias e a perseguições, físicas e/ou psicológicas, frequentes e por longo período de tempo. No campo jurídico, há muitos casos de violência, desde a alienação parental até a violência física e psicológica contra a mulher, descrita na Lei Maria da Penha. De outra forma, o assédio moral ocorre em ambientes sociais permissíveis, em que esse tipo de situação e comportamento está caracterizado dentro dos padrões morais da cultura e nos valores sociais do contexto. Com o objetivo de reflexão, discussão e conscientização, o 7º ciclo de debatesdo curso de Psicologia da Unoesc Videira apresentou o tema Relacionamento Abusivo: a violência disfarçada de afeto, que contou com 133 participantes no auditório da Unoesc Videira. Na abertura, foi apresentado, junto ao protocolo, um vídeo sobre o tema “Amor Abusivo” para reflexão. Após, o tema foi apresentado e debatido por professores e profissionais das áreas da Psicologia, Psiquiatria e Promotoria de Justiça. O objetivo do Ciclo de Debates em Psicologia foi apresentar uma temática para a comunidade acadêmica e sociedade civil, com o intuito de proporcionar a discussão, reflexão, esclarecimento e conscientização sobre o assunto. O evento parte de uma visão interdisciplinar com bases científicas entre a Psicologia e outras áreas da ciência, levantando questões específicas sobre a temática e reflexões, para melhor compreensão e discussão com cada explanação proferida pelos painelistas. O Ciclo de Debates em Psicologia possui como procedimento, uma mesa redonda, em dois momentos, composta por um acadêmico (previamente selecionado por meio de elaboração de artigo sobre a temática), pelos professores e pela coordenadora do curso de Psicologia; um médico psiquiatra; uma psicóloga, um promotor de justiça e um mediador psicólogo – professor do curso de Psicologia. No 7º. Ciclo participaram da mesa, junto à aluna Kaliane Gilioli Vieira, o médico psiquiatra Cláudio Mallmann no primeiro momento, e num segundo, a psicóloga Katiani Morais, da área da Psicologia Social e o Promotor de Justiça Joaquim Torquato Luiz, da Comarca de Videira. Todos
RESUMO EXPANDIDO
ANUÁRIO PESQUISA E EXTENSÃO UNOESC VIDEIRA - 2019
realizaram explanações teórica e prática sobre as referidas áreas de atuação referente ao tema em voga. No final do primeiro e do segundo momento, foi aberta a participação do público. O fechamento foi realizado pelo mediador do debate, Professor dr. Adriano Schölesser. A acadêmica de Psicologia, Kaliane Gilioli Vieira, abordou sobre Relações Abusivas no Contexto Familiar, apresentando acerca do conflito sistêmico em situações de submissão e traumas por agressão física e psicológica, sofridas pelas vítimas no contexto de um relacionamento abusivo. O médico psiquiatra Cláudio Mallmann discorreu sobre o relacionamento abusivo no ponto de vista da Psiquiatria, descrevendo e explicando alguns diagnósticos e padrões de comportamento que afetam os limites saudáveis de convivência interpessoal. A psicóloga Katiani Morais abordou sobre o relacionamento abusivo nos aspectos intrafamiliares e sociais, nomeadamente situações de violação dos direitos de crianças, que são retiradas do âmbito familiar em estado de vulnerabilidade e levadas ao abrigo de proteção, para encaminhamento do processo de adoção. O Promotor de Justiça, Joaquim Torquato Luiz, narrou sobre relacionamento abusivo articulando com questões vinculadas a lei e práticas do Ministério Público, informando sobre o site www.conciliaapp.com.br para casos de denúncia e apoio. Problematizou casos e ocorrências de litígio intrafamiliar que são acompanhados pela promotoria do município. Com base nos contextos expostos, faz-se necessário dialogar sobre a violência, os tipos de violência, sobre as causas e efeitos nos indivíduos, famílias, grupos e sociedade como um todo, além de discutir sobre aspectos que envolvam o esclarecimento, conscientização e prevenção em todas as fases do desenvolvimento humano, grupos e sociedade. O 7º Ciclo de Debates em Psicologia da Unoesc Campus Videira gerou quatro artigos científicos, publicados no Anuário de Pesquisa e Extensão Unoesc Videira 2019, a saber:
- Relações abusivas no contexto familiar (VIEIRA, Kaliane Gilioli; SCHLÖSSER, Adriano; DEMARCO, Taisa Trombetta; D’AGOSTINI, Fabiana Piccoli); - Violência Física e Emocional: influências no comportamento da mulher e dos filhos (SILVA, Claudilene Rosa da; DEMARCO, Taisa Trombetta; SCHLÖSSER, Adriano; D’AGOSTINI, Fabiana Piccoli); - Relações Abusivas: a violência sexual no
contexto intrafamiliar (RECH, Natália Bettú; D'AGOSTINI, Fabiana Piccoli; DEMARCO, Taisa Trombetta); - Assédio Moral no contexto organizacional: questão de gênero (BAZZEI, Jéssica Aline; D’AGOSTINI, Fabiana Piccoli; DEMARCO, Taisa Trombetta).
Palavras-chave: Relação abusiva. Violência. Ciclo de Debates.

Biografia do Autor

Taisa Trombetta DeMarco, Unoesc
Todas
Publicado
05-07-2019
Como Citar
Aguiar, G. de, D’ ´AgostiniF. P., DeMarco, T. T., & Schlosser, A. (2019). RELACIONAMENTO ABUSIVO: a violência disfarçada de Afeto - 7º Ciclo de Debates em Psicologia. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 4, e21228. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/21228
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos