PROJETO DE UM DECANTADOR CONTÍNUO INDUSTRIAL A PARTIR DE EXPERIMENTOS EM LABORATÓRIO

Resumo

A sedimentação é o processo de separação das partículas sólidas de um fluido por ação da gravidade. Este estudo tem por objetivo avaliar o desenvolvimento de um projeto de decantador. Com base nos experimentos realizados laboratorialmente, calculamos a área de decantação para a suspensão de CaCO3 a 50 g/L utilizando três parâmetros de comparação: o primeiro deles foi a suspenção sem a utilização de coagulante; posteriormente a suspenção mais a adição de 1,5 ml de sulfato de alumínio; e a solução mais a adição de 1,5 ml de sulfato férrico. As áreas obtidas foram de 36,44 m², 12,09 m² e 31,91 m² respectivamente. De acordo com os ensaios efetuados, percebemos que a suspensão de CaCO3 a 50 g/L comporta-se melhor com a adição de 1,5 mL do sulfato de alumínio tendo
uma área calculada 66,82% menor que a área do decantador para a mesma solução sem adição de coagulante. A adição do sulfato férrico acabou por ser desconsiderada devido ao fator da área ser próxima ao sem coagulante e também pelos residuais no líquido sobrenadante. A escolha mais viável no que se refere à eficiência e rapidez no processo seria a aplicação do sulfato de alumínio, porém precisa-se de uma pesquisa demercado para geração de viabilidade econômica para utilização do mesmo.
Publicado
29-08-2017
Como Citar
Maccari, C., & Silva, M. B. (2017). PROJETO DE UM DECANTADOR CONTÍNUO INDUSTRIAL A PARTIR DE EXPERIMENTOS EM LABORATÓRIO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 2, e15291. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/15291
Edição
Seção
ACET Resumos