O PAPEL DA LINHAÇA COMO AGENTE REDUTOR DE COLESTEROL E PERDA DE PESO

  • Vanessa Tonetta UNOESC
  • Bibiana Paula Dambrós Universidade do Oeste do Estado de Santa Catarina
  • Elisandra Minotto UNOESC
  • Nei Carlos Santin UNOESC

Resumo

A semente de linhaça (Linun usitatissimum L.) é amplamente utilizada pela população como um alimento funcional, é rica em ácido-linolênico, lignanas e fibras dietéticas, os quais estão relacionados ao controle do colesterol, aumento da saciedade e consequente perda de peso, além de influenciar na redução da incidência de diversas patologias, como as doenças cardiovasculares. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da ingestão diária da semente de linhaça dourada triturada sobre o perfil lipídico e antropométrico, bem como a aplicação de questionário para avaliar as implicações desta na saúde dos voluntários. Para tanto, 20 voluntários foram instruídos a ingerir 20 g de semente de linhaça dourada triturada diariamente, durante 60 dias. Os valores de colesterol total, LDL, HDL, triglicerídeos e IMC, foram determinados antes e após a suplementação com linhaça. Para os parâmetros bioquímicos analisados, nenhuma diferença significativa foi observada no período estabelecido. No entanto, uma redução significativa do IMC (10%) dos voluntários foi constatada após tratamento. A suplementação com semente de linhaça teve uma boa aceitação pelos participantes que relataram os benefícios como: regulação intestinal (75%), fonte de energia (25%), emagrecimento (15%) e redução dos sintomas da TPM ou menopausa (54%). Possivelmente, a administração destas sementes por um maior período de tempo, aliado à atividade física e dieta rica em ácidos graxos poli-insaturados podem reduzir os triglicerídios e o colesterol.

Biografia do Autor

Bibiana Paula Dambrós, Universidade do Oeste do Estado de Santa Catarina
Formada na área da saúde como Farmacêutica-Bioquímica pela UFSC, possui mestrado em Biotecnologia também pela UFSC. Trabalhou por 12 anos na área de pesquisa e desenvolvimento, esteve envolvida em 3 projetos Genomas, trabalhou na  Empresa de Biotecnologia FK-biotecnologia, no laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul como com  diagnóstico do vírus do H1N1 e Dengue, há 2 anos está inserida na docência ministrando aula nas áreas da saúde.
Publicado
05-04-2017
Como Citar
Tonetta, V., Dambrós, B. P., Minotto, E., & Santin, N. C. (2017). O PAPEL DA LINHAÇA COMO AGENTE REDUTOR DE COLESTEROL E PERDA DE PESO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Videira, 2, e13250. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuv/article/view/13250
Edição
Seção
ACV Resumos