AS COMPETÊNCIAS DO ENFERMEIRO NA LIDERANÇA E GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE

Autores

  • Leonardo Poletti UNOESC
  • Anielly Cristina Segalin ANSCHAU
  • Gabriel OLIVEIRA
  • Paula Cherobin MASSING

Resumo

O desempenho da liderança e gestão de pessoas tem grande interferência quando se fala do profissional enfermeiro. O exercício da liderança é peça fundamental na organização e concretização do trabalho executado pela equipe de enfermagem, com o enfoque na assistência prestada ao indivíduo, família e comunidade. Apesar da liderança e a gestão serem primordiais para a atuação do enfermeiro, é válido que o profissional desenvolva habilidades para supervisionar e coordenar o processo de trabalho, motivando e orientando seus colaboradores na execução das atividades, com o intuito de aprimorar a qualidade do serviço, mantendo a equipe sempre ciente das metas do setor. Entretanto, a coordenação não se resume na atenção ao colaborador, inclui também equilibrar os recursos físicos e materiais disponíveis na instituição. O trabalho reservado ao enfermeiro é centrado predominantemente em dois aspectos gerais, o trabalho assistencial e o gerencial, e ainda como coadjuvante por ser um profissional sempre presente e atuante nos diferentes níveis de atenção à saúde. O investimento e o desenvolvimento de competências na área de gestão é a chave para um cuidado estruturado e integrativo, sendo determinante para a organização do processo de trabalho e de efetivação de novas políticas de saúde. Faz-se necessária a atuação política na esfera da gestão em enfermagem, não deixando em segundo plano a centralidade do cuidado no processo de trabalho, mas deve-se valorizar e priorizar os sistemas de gestão nos mais diversos ambientes de saúde a fim de aprimorar as práticas de cuidado com o indivíduo. Assim, torna-se necessário compreender o inter-relacionamento e o convívio da equipe multiprofissional, o que norteia a reflexão crítica e a transformação de práticas, visando o fortalecimento do vínculo entre companheiros de equipe, tornando um ambiente agradável de convívio. Desta forma, refletindo de maneira positiva a assistência em saúde, possibilitando aos profissionais atender a demanda em saúde da comunidade. Destaca-se o enfermeiro como gestor da situação e cabe a ele ser a ponte entre paciente e as ramificações que o cuidado em saúde proporciona.

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

Poletti, L., ANSCHAU, A. C. S., OLIVEIRA, G., & MASSING, P. C. (2021). AS COMPETÊNCIAS DO ENFERMEIRO NA LIDERANÇA E GESTÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 6, e29959. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/29959

Edição

Seção

Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos