QUALIDADE PÓS COLHEITA DE LARANJAS EMBALADAS INTEIRAS COM E SEM ALBEDO: RELATO DE AULA PRÁTICA

Autores

  • Alisson Júnior Lebens
  • Daniel Lucas Franck
  • Claudia Klein

Resumo

A conservação pós colheita é de suma importância tendo em vista que estes produtos serão levados ao comércio e nele necessitam estar visualmente apresentáveis para que assim possam atrair o consumidor. Tendo em vista esta conservação este estudo buscou avaliar alguns fatores importantes para tal quesito na laranja, dentre eles a perda de massa, pH (potencial hidrogeniônico), graus Brix, acidez total titulável (ATT) e Ratio. Os testes foram realizados utilizando 6 laranjas, sendo duas para determinar valores de padrão colheita, duas laranjas inteiras com albedo e duas laranjas inteiras sem albedo. As quatro últimas foram processadas para análise 8 dias após armazenamento em geladeira a 0,9 ºC. Como resultado a perda de massa foi maior quando o fruto estava sem albedo, ou seja, com um pouco mais de processamento; o pH encontrado quando houve processamento se aproximou da neutralidade; o Brix foi maior quando houve processamento; a ATT foi maior no fruto com albedo e o Ratio no fruto sem albedo.

Downloads

Publicado

12-07-2021

Como Citar

Lebens, A. J. ., Franck, D. L. ., & Klein, C. (2021). QUALIDADE PÓS COLHEITA DE LARANJAS EMBALADAS INTEIRAS COM E SEM ALBEDO: RELATO DE AULA PRÁTICA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 6, e28060. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/28060

Edição

Seção

Área das Ciências Agrárias – Artigos