A Legalização do Aborto até a 12° semana no Brasil

Autores

  • Kimberly dos Santos da Silva Unoesc São Miguel do Oeste
  • CRISTIANE MELZ COPETTI
  • DANIELA JAHN

Resumo

Em princípio, este é um tema que já vem a alguns anos causando debates no Brasil, sendo um
movimento social onde a história se inicia no interior de uma sociedade marcada por uma ditadura
extremamente repressora, onde há uma busca para incorporar as mulheres ao ideário da igualdade. Em
uma sociedade marcada pela regência da religião e do autoritarismo do homem, em que a mulher não
pode, por anos tomar as decisões sobre sua vida e seu corpo, marcada por inúmeras atrocidades cometidas
contra as mesmas, por seus pais, maridos, irmãos etc. Embora tenha se conquistado muito em favor das
mulheres, as mesmas ainda não são tratadas em poder de igualdade, pois nosso congresso, ainda se
encontra constituído em sua grande maioria por homens, sendo assim, necessário esperar que estes
mesmos, deliberem a favor de uma lei que permita o aborto em até a 12° semana de gestação e assim as
mulheres possam, ter o direito de tomar a decisão sobre seus corpos, se interrompem ou não uma
gestação, que não foi desejada e nem planejada.

Palavras-chave: Legalização. Aborto. Medicina. Religião. Princípios constitucionais.

Downloads

Publicado

05-07-2021

Como Citar

dos Santos da Silva, K., MELZ COPETTI , C. ., & JAHN, D. . (2021). A Legalização do Aborto até a 12° semana no Brasil. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 6, e28005. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/28005

Edição

Seção

Área da Ciência Jurídica – Artigos