STALKING, UMA PERSEGUIÇÃO OBSESSIVA QUE INTERFERE NA LIBERDADE E ATÉ NA SEGURANÇA DA VÍTIMA

Autores

  • Jéssica Zanrosso UNOESC
  • Sara Straus

Resumo

O stalking, enquanto fenômeno de violência interpessoal, assuma a conotação de aviso, perigo e imprevisibilidade, estando a sua experiência relacionada como ameaça constante. Qualquer abordagem relacionada ao fenômeno do stalking, quer seja teórica ou prática, inclui na sua análise a dimensão do risco. A Internet pode potencializar ainda mais os impactos dos stalkers na vida de suas vítimas, uma vez que permite o acesso a muitas informações. Para essa prática, é dado o nome de cyberstalking.  Os recursos de geolocalização presentes em algumas redes, como o Instagram e o Twitter, também podem ser muito perigosos, pois mostram exatamente onde uma pessoa está, publicamente. Assim, é necessário sempre utilizá-los com cautela, filtrando quem pode ter acesso a certas informações.

Palavras-chave: Stalking. Risco em casos de stalking. Condutas mais graves. O stalking no ordenamento jurídico brasileiro. Formas majoradas contra criança, adolescente ou idoso

Downloads

Publicado

29-06-2021

Como Citar

Zanrosso, J., & Straus, S. . (2021). STALKING, UMA PERSEGUIÇÃO OBSESSIVA QUE INTERFERE NA LIBERDADE E ATÉ NA SEGURANÇA DA VÍTIMA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 6, e27953. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/27953

Edição

Seção

Área da Ciência Jurídica – Artigos