O CRIME DE RECEPTAÇÃO

Autores

  • Cristhian Felipe Mazzochio UNOESC
  • Willian da Silva Schwingel UNOESC

Resumo

O crime de receptação tem ganhado força nos últimos anos, principalmente
dentre as cidades com maior nível populacional, onde a prática de tal crime
se torna crescente e mais influente a cada dia. Demasiados fatores surgem
para o tamanho e aumento deste delito, sendo que o principal fator ainda é,
a grande desigualdade social e a pobreza que nosso país enfrenta. A
receptação é um tipo de delito que atinge principalmente as comunidades
mais carentes e precárias, onde o crime organizado tira grande proveito dessa
situação e expande suas áreas de atuação. Trata-se de um grande mercado
clandestino e muito lucrativo para quem o controla. O morador da
comunidade carente, se vê encurralado por suas condições de vida, e
consume deste mercado oculto para sobreviver devido sua facilidade, uma
vez que sua condição econômica não lhe permite comprar produtos de
procedência. No final, isso tudo culmina pela procura por objetos roubados,
elevando a criminalidade. Vale ressaltar que a solução para todo este embate
não se encontra apenas na economia do país, e sim em diversos fatores,
inclusive na própria pena aplicada a este delito, que para muitos, ainda é
considerada branda.

Downloads

Publicado

14-06-2021

Como Citar

Mazzochio, C. F., & Schwingel, W. da S. (2021). O CRIME DE RECEPTAÇÃO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 6, e27782. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/27782

Edição

Seção

Área da Ciência Jurídica – Artigos