RELAÇÃO INTERPESSOAL EM AMBIENTE HOSPITALAR

  • JESSICA MAYARA WOLFART (49)991863559
  • ANDRESSA MARTINS FRANCO DA S SILVA

Resumo

Introduçao: A formação no Curso de Enfermagem,  considerando as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), é pautada no processo de aprender a ser, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a conhecer, com vistas à formação generalista, humanista, crítica, reflexiva, política e ético-legal (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2018). Dessa forma, falar sobre relacionamento interpessoal na área da saúde é de grande relevância, pois estimula o senso de responsabilidade social além de contribuir para a melhoria dos serviços prestados. Nesse sentido, o enfermeiro é o profissional que permanece mais tempo ao lado do paciente, logo, é o mais indicado para desenvolver e sugerir ações educativas, melhorando por consequência a satisfação no atendimento e relacionamento entre equipe (OLIVEIRA; TURRUNI; POVEDA, 2016). Objetivo: demonstrar e sensibilizar os profissionais de enfermagem durante o estágio curricular obrigatório do curso de Enfermagem da UNOESC/SMO, a importância de um bom relacionamento interpessoal entre profissionais da equipe e entre profissionais e pacientes. Metodologia: Para elaboração da ideia de intervenção, utilizou-se a metodologia problematizadora para avaliação da realidade e identificação de uma questão problema que poderia ser melhorada, pesquisa teórica para elaboração das hipóteses de solução, aplicação no campo de estágio e avaliação dos resultados. A intervenção foi realizada por meio de duas dinâmicas entre equipe de enfermagem em que foram entregues frases aleatórias no início do plantão com comandos que deveriam ser feitos até às 23 horas, para todos os colaboradores da equipe, para depois socializar sobre sua experiência ao realizar os comandos. Quando chegou o horário combinado, reuniu-se toda a equipe de enfermagem para a segunda dinâmica, “a dinâmica da bala”, a qual todos receberam uma bala que deveriam abrir sem utilizar as próprias mãos, para observarmos a capacidade de colaboração entre equipe. Enquanto abriam as balas, explanou-se em poucos minutos o objetivo das dinâmicas e a importância de uma boa relação interpessoal. Por fim agradeceu-se a todos ela colaboração e expôs-se frases, conceitos e breve história da relação interpessoal e dicas motivacionais para o profissional ler e praticar quando não estiver sentindo-se bem e dez dicas valiosas para conquistar-se um bom relacionamento interpessoal. Resultados e discussoes: Relacionamento interpessoal refere-se à interação e vínculo estabelecido entre pessoas, grupos e times, seja ele no meio profissional, pessoal ou familiar que compartilham metas e objetivos comuns. Um termo usado pela sociologia e psicologia para definir qualquer tipo de relação entre duas ou mais pessoas. Eles variam em diferentes níveis de intimidade e compartilhamento, implicando a descoberta ou estabelecimento de um terreno comum (BERTONE, 2007). Relacionamento interpessoal vai muito além de uma simples relação entre colegas de trabalho ou entre prestadores de serviço e clientes. Quando se fala de relacionamento interpessoal se tange a seres emocionais e instáveis, que passam por transformações a todo tempo e isso requer habilidades para lidar com estas emoções. O conceito de relacionamentos interpessoais em um meio corporativo está associado à conduta do profissional diante de crises, conflitos, superação de obstáculos e a forma com que ele lida com diferentes perfis (OLIVEIRA, 2017). Quando as relações interpessoais enfraquecem em ambiente de trabalho, o clima organizacional torna-se negativo e desgastante, o profissional perde o foco e a produtividade, começam a surgir os desentendimentos, disputas internas e consequentemente perca do aproventamento profissional (FICHER, 2008). O cuidado centrado na pessoa exige que o enfermeiro crie um ambiente facilitador, sendo empático, congruente e aceitando o outro tal qual esse se apresenta, transformando qualquer interação ou relação interpessoal em um encontro com qualidade (VIVELA, 2012). Considerando que um bom relacionamento interpessoal é a base para a prestação de serviços de qualidade, uma intervenção que vise estimular a interação positiva entre colegas de profissão e atribuir/agregar conhecimento à equipe, torna-se indispensável, uma vez que contribui com a melhora na qualidade das ações de saúde voltadas aos pacientes (PONTES, 2008). A comunicação é um processo que pode ser utilizado como instrumento de ajuda terapêutica, em que o enfermeiro deve ter conhecimentos fundamentais sobre as bases teóricas da comunicação e adquirir habilidades de relacionamento interpessoal para agir positivamente na assistência ao paciente. Para que esta possa fluir bem, o profissional enfermeiro deve saber escutar, falar quando necessário, dar abertura para realização de perguntas, ser honesto, mostrar respeito, dispensar tempo suficiente para a conversa e mostrar interesse, entre outras habilidades (PONTES, 2008). Considerando que um bom relacionamento interpessoal é a base para a prestação de serviços de qualidade, uma intervenção que vise estimular a interação positiva entre colegas de profissão e atribuir/agregar conhecimento à equipe, torna-se indispensável, uma vez que contribui com a melhora na qualidade de das ações de saúde voltadas aos pacientes. Consideraçoes finais: A intervenção superou os resultados esperados, todos os profissionais da equipe de enfermagem participam, sensibilizaram-se, o que gerou uma conversa entre equipe e propostas para melhoria de comunicação e relacionamento entre equipe, o que nem sempre é possível, visto a demanda de serviços. Para acadêmicos é importante realizar esse modelo de trabalho e estudo, pois possibilita a percepção de uma unidade de trabalho como ela realmente é, com dias mais corridos e outros nem tanto, com conflitos entre equipe, que precisam ser manejados de forma resiliente, pois trata-se de seres humanos, não máquinas que podem ser meramente concertadas. A divulgação deste estuda torna-se relevante por servir como exemplo de intervenção para melhorar o relacionamento interpessoal entre seres humanos envolvidos em um ambiente de trabalho, estimulando por consequência, a busca por conhecimentos.

Palavras chave: Cuidados de enfermagem. Relacionamento Interpessoal. Promoção da Saúde.

 

Publicado
23-12-2020
Como Citar
WOLFART, J. M., & SILVA, A. M. F. D. S. (2020). RELAÇÃO INTERPESSOAL EM AMBIENTE HOSPITALAR . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 5, e27039. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/27039
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos