PERCEPÇÃO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM FRENTE A COMPLICAÇÕES RELACIONADAS AO USO DO CATETER VENOSO PERIFÉRICO EM UMA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO NO EXTREMO OESTE DE SANTA CATARINA

  • Tainá Bervig UNOESC
  • Michel Miorelli
  • Joel Morschbacer

Resumo

A terapia intravenosa é mundialmente utilizada em ambientes hospitalares, principalmente por meio da colocação de cateteres venosos periféricos. A maioria dos cateteres são removidos devido a ocorrência de complicações, encerramento do tratamento ou ausência de uso. Se torna imprescindível o conhecimento técnico-científico dos enfermeiros e equipe de enfermagem sobre a terapia intravenosa garantindo a eficácia no tratamento e a qualidade do cuidado prestado, tornando-se necessário o conhecimento da melhor tecnologia e das práticas de cuidado. Este estudo aborda as experiências vivenciadas poracadêmicos de Enfermagem e professora durante o Estágio Supervisionado I em Saúde Coletiva, desenvolvida na 8ª fase do Curso de Enfermagem da Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC). Tais atividades aconteceram no mês de agosto de 2020. A atividade ocorreu diante da avaliação da qualidade da punção venosa periférica realizada pelos profissionais de enfermagem e se houve complicações decorrentes da mesma.
As etapas do estudo constituíram-se principalmente, do conhecimento do método de punção realizada na unidade. 

Publicado
01-10-2020
Como Citar
Bervig, T., Miorelli, M. J., & Morschbacher, J. . (2020). PERCEPÇÃO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM FRENTE A COMPLICAÇÕES RELACIONADAS AO USO DO CATETER VENOSO PERIFÉRICO EM UMA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO NO EXTREMO OESTE DE SANTA CATARINA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 5, e26479. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/26479
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos