IMPLICAÇÕES Á SAÚDE DO TRABALHADOR RURAL DEVIDO A EXPOSIÇÃO E USO DE AGROTÓXICOS: PERSPECTIVAS PARA A ENFERMAGEM

  • Milena Djesica Bevilaqua Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Natália Geny Degasperin Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Rafaela Fátima de Godoi
  • Joel Morschbacher Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Trata-se de uma Revisão de literatura não sistemática, com abordagem qualitativa, que teve como objetivo buscar artigos que identificassem os agravos à saúde de trabalhadores rurais devido à exposição a agrotóxicos. Para a coleta de dados foram utilizadas as bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS/BIREME). Inicialmente emergiram 31 artigos e após aplicação dos critérios de exclusão restaram 06 artigos para serem analisados. Os resultados apontaram que os agricultores estão expostos aos agrotóxicos diretamente e indiretamente causando malefícios a saúde. Foram observadas intoxicações agudas relacionadas ao tema pesquisado como fraqueza, cólicas abdominais, vômitos, espasmos musculares e intoxicações crônicas que abrangem cânceres, más formações congênitas e lesões renais entre outras manifestações. Ainda, os artigos apontam também que os agricultores têm consciência das implicações causadas pelo uso de agrotóxicos, mas que necessitam deles para a boa produtividade rural. Com isso a enfermagem deve implementar ações que visem reduzir o impacto na saúde do trabalhador e do ambiente, proporcionando uma melhor qualidade vida.

Publicado
29-07-2020
Como Citar
Bevilaqua, M. D., Degasperin, N. G., Godoi, R. F. de ., & Morschbacher, J. (2020). IMPLICAÇÕES Á SAÚDE DO TRABALHADOR RURAL DEVIDO A EXPOSIÇÃO E USO DE AGROTÓXICOS: PERSPECTIVAS PARA A ENFERMAGEM. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 5, e24895. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/24895
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos