violência de gênero contra a mulher

  • jaqueline vizzotto Universidade do Oeste de Santa Catarina Campus - SMO
  • claudia bruna perondi hanauer Universidade do Oeste de Santa Catarina Campus - SMO

Resumo

A violência contra a mulher é um problema importante de Saúde Pública no cenário brasileiro que tem repercussões, físicas, psicológicas e sociais na vida da mulher. A Lei Maria da Penha proporcionou avanço significativo no combate a este fenômeno, porém devido à complexidade do problema muitas mulheres não denunciam o agressor ou protelam por muito tempo. No entanto, ainda há muito o que se fazer para que haja igualdade e respeito entre os gêneros, apesar de a Lei Maria da Penha e as políticas públicas de proteção supracitadas, por exemplo, possuírem um papel considerável, é de suma importância que a sociedade se conscientize em relação a este fato, para que as mulheres não se sintam mais oprimidas e com o medo, de denunciar e que a justiça seja feita. A pesquisa objetivou compreender a vivência da mulher em situação de violência de gênero e sua relação com a denúncia do agressor, adotou-se uma abordagem qualitativa e descritiva. Esse tema é de grande relevância, pois está muito presente na sociedade e cada vez mais este fenômeno está se tornando mundial que se evidência um problema social, jurídico, psicológico e de saúde pública.
Palavras-chave: Mulher. Violência. Respeito. Igualdade.

Publicado
25-06-2020
Como Citar
vizzotto, jaqueline, & perondi hanauer, claudia bruna. (2020). violência de gênero contra a mulher. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 5, e24557. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/24557
Edição
Seção
Área da Ciência Jurídica – Artigos