CRIMINOLOGIA: FATORES QUE IMPLICAM NO ADENTRAMENTO NO MUNDO DO CRIME. PREVENÇÃO DA DELINQUÊNCIA E RESSOCIALIZAÇÃO

  • Eduardo Ferreira UNOESC

Resumo

Teve-se por objetivo no presente trabalho, analisar as causas do crescimento
desenfreado da criminologia no Brasil, o qual, por suas múltiplas facetas, gera
conflitos e danos à sociedade em um todo. Além disso, analisou-se também
as causas do adentramento de crianças e adolescentes nas práticas ilícitas
desenvolvidas pelo mundo do crime. Sabe-se que são muitos os caminhos
para a criminalidade, porém existem fatores psicológicos e sociais que
proporcionam o aumento de tais práticas. Este artigo será embasado na
criminologia que é o estudo voltado às circunstâncias pelas quais os indivíduos
passam a inserir-se no âmbito criminal; entre fatores determinantes, está a
personalidade e a conduta do indivíduo, além das muitas interferências do
seu âmbito de convivência onde o contexto social, falta de dignidade
humana e difícil acesso à escolaridade, educação, cultura e lazer implicam
na delinquência. Além disso, levanta-se argumentos referentes aos crimes do
“colarinho branco” onde a pobreza não é o causador, mas sim as
interferências que esses criminosos têm em seu âmbito de convivência. Levase em consideração estratégias para reduzir o número de delinquentes e
aumentar a segurança no pais.

Publicado
25-06-2020
Como Citar
Ferreira, E. (2020). CRIMINOLOGIA: FATORES QUE IMPLICAM NO ADENTRAMENTO NO MUNDO DO CRIME. PREVENÇÃO DA DELINQUÊNCIA E RESSOCIALIZAÇÃO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 5, e24546. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/24546
Edição
Seção
Área das Ciências da Educação – Artigos