PERCEPÇÃO DE GESTANTES AO CUIDADO DE ENFERMAGEM PRESTADO NO PRÉ-NATAL DE RISCO HABITUAL: NOTA PRÉVIA

PERCEPÇÃO DE GESTANTES AO CUIDADO DE ENFERMAGEM NO PRÉ-NATAL DE RISCO HABITUAL

  • ERIKA EBERLLINE PACHECO DOS SANTOS UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA
  • Raquel Werner
  • Diana Fátima de Brazil

Resumo

Introdução: a percepção das gestantes com relação ao cuidado de enfermagem prestado no pré-natal de risco habitual possibilita desenvolver um cuidado individualizado e efetivo. Objetivo: descrever a percepção de gestantes sobre os cuidados de enfermagem prestados no pré-natal de risco habitual. Metodologia: pesquisa descritiva exploratória, de abordagem qualitativa. As participantes serão gestantes pertencentes à área de abrangência das ESF do município de São Miguel do Oeste. Serão incluídas: gestantes que estejam no 3º trimestre de gestação, maiores de 18 anos, cadastradas em uma das Estratégias de Saúde da Família do município de São Miguel do Oeste. Serão excluídas as gestantes menores de 18 anos; as que não estão realizando pré-natal na ESF; ou que não realizaram nenhuma consulta de pré-natal até o 3º trimestre de gestação. A coleta de dados ocorrerá por meio de uma entrevista com roteiro semiestruturado com dados sociodemográficos e questões relacionadas a percepção das gestantes ao cuidado de enfermagem durante o pré-natal, após a aprovação no comitê de ética em pesquisa da Universidade do Oeste de Santa Catarina. As entrevistas serão individuais, audiogravadas e transcritas. Posteriormente analisadas em conformidade com a Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados espeados: os achados desta pesquisa devem revelar a percepção das gestantes ao cuidado de enfermagem recebido no pré-natal nas ESF. O presente projeto esta alicerçado nos preceitos éticos da Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde.

Publicado
17-09-2019
Como Citar
DOS SANTOS, E. E. P., Werner, R., & de Brazil, D. F. (2019). PERCEPÇÃO DE GESTANTES AO CUIDADO DE ENFERMAGEM PRESTADO NO PRÉ-NATAL DE RISCO HABITUAL: NOTA PRÉVIA: PERCEPÇÃO DE GESTANTES AO CUIDADO DE ENFERMAGEM NO PRÉ-NATAL DE RISCO HABITUAL. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e22139. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/22139
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos