GRUPOS TERAPÊUTICOS COM IDOSO RURAIS E AS QUESTÕES DA TERRA

Uma experiência de estágio

  • Caroline Kochenborger Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus São Miguel do Oeste http://orcid.org/0000-0001-9615-7691
  • Marieli Alessio UNOESC
  • Bárbara Camila da Silva NASF/SMO
  • Ângela Maria Bavaresco UNOESC
  • Caroline Estéfani Zanin UNOESC

Resumo

No campo de estágio, nos deparamos com diversas possibilidades de atuação na busca do conhecimento prático. Esta busca, não raro, nos leva a lugares e questões que nunca havíamos cogitado durante o curso, e se revelam surpreendentes e tocantes. Além da necessidade de explorar novas possibilidades e atuações, cabe ao psicólogo o serviço ético da inclusão e do oferecimento de saúde mental a todos os seres humanos que se encontram em algum tipo de privação e/ou sofrimento, como ressalta o Conselho Federal de Psicologia "O envolvimento de profissionais do campo psicológico com as questões sociais se sustenta pela exigência ética de que onde houver seres humanos sendo explorados, humilhados, desqualificados, discriminados, aí está a real demanda para esses profissionais. Da mesma maneira, onde existirem pessoas tentando construir caminhos que viabilizem novas formas de viver e que superem as condições de produção de sofrimento, humilhação e cerceamento da capacidade crítica e criativa que lhes estão sendo impostas, aí está o chamamento para que esses profissionais se coloquem a serviço dessa construção." CFP (2013, p.32).

Publicado
08-07-2019
Como Citar
Kochenborger, C., Alessio, M., da Silva, B. C., Bavaresco, Ângela M., & Zanin, C. E. (2019). GRUPOS TERAPÊUTICOS COM IDOSO RURAIS E AS QUESTÕES DA TERRA: Uma experiência de estágio. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e21292. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/21292
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Resumos expandidos