A fragilidade dos direitos LGBT

enfoque na possibilidade de adoção por casais homoafetivos

  • Chaiane Mathias Unoesc
  • Gabriel Luiz Voltolini Unoesc

Resumo

O presente artigo relata a possibilidade que os casais homoafetivos têm de conseguirem adotar e de que forma o preconceito interfere nisso. Para tanto, foi analisado o que se entende por família. A história do movimento que luta por direitos LGBT e o que se compreende por homossexualidade. Além, de conceituar adoção e discorrer sobre as legislações em que esse instituto esteve presente. Através do exame da Lei 8.069/90 e da resolução 175 chega-se a conclusão que os homossexuais possuem o direito de adotar. Ao final, fica evidente a fragilidade dos direitos conquistados frente a uma onda de intolerância.

Palavras-chave: adoção, homoafetividade, direito, preconceito, família.

Publicado
24-06-2019
Como Citar
Mathias, C., & Voltolini, G. L. (2019). A fragilidade dos direitos LGBT: enfoque na possibilidade de adoção por casais homoafetivos. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e21193. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/21193
Edição
Seção
Área da Ciência Jurídica – Artigos