A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

  • Débora Cristina Pereira Bertochi UNOESC SMO
  • Letycia Stanga

Resumo

O presente artigo tem como objetivo realizar uma abordagem sobre a violência contra a mulher, a qual estas são submetidas cotidianamente em nossa  sociedade, bem como expor as diversas formas pelas quais esse imponente problema se manifesta. Analisará suas dificuldades diante da vivência diária com essa situação opressora, bem como elucidará algumas alternativas eficientes para o combate das mesmas. Com a criação da Lei Maria da Penha, com o  emprego de medidas e políticas públicas de proteção, foi possível melhorar muitos aspectos que o presente problema envolve. No entanto, ainda há muito o que se fazer para que haja igualdade e respeito entre os gêneros, apesar de a Lei Maria da Penha e as políticas públicas de proteção supracitadas, por  exemplo, possuirem um papel considerável, é de suma importância que a sociedade se conscientize em relação à esse fato, que as mulheres não mais se sintam oprimidas e acoadas e, principalmente que o Direito esteja ao lado destas, para que a justiça venha a ser feita. O estudo acerca deste tema é de grande
relevância no cenário atual, já que é notório o crescente aumento deste fenômeno entre a população mundial, evidenciando-se um problema social, jurídico, psicológico e de saúde pública.

Publicado
24-06-2019
Como Citar
Pereira Bertochi, D. C., & Stanga, L. (2019). A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e21187. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/21187
Edição
Seção
Área da Ciência Jurídica – Artigos