APLICAÇÃO SISTÊMICA DO DIREITO

A constelação familiar sistêmica como meio de mediação no Poder Judiciário.

  • Laís Kasper UNOESC
  • Tainara Stéfani Demozzi Rossetti

Resumo

O presente artigo tem por objetivo demonstrar, relatar e explicar como é o funcionamento e aplicabilidade da constelação familiar sistêmica como meio de mediação no âmbito jurídico/ poder judiciário. Parte da heterocomposição e autocomposição, essas são as técnicas pelas quais as partes elegem um terceiro para “julgar” a lide e esta tem como principal fundamento a vontade das partes. Há também a conciliação, neste caso é eleito um conciliador, que é responsável por aproximar as partes na tentativa de que as mesmas cheguem a um acordo. Já na mediação, é eleito um mediador que além de aproximar as partes também já apresenta propostas para a solução do conflito.

Publicado
24-06-2019
Como Citar
Kasper, L., & Demozzi Rossetti, T. S. (2019). APLICAÇÃO SISTÊMICA DO DIREITO: A constelação familiar sistêmica como meio de mediação no Poder Judiciário. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e21186. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/21186
Edição
Seção
Área da Ciência Jurídica – Artigos