Qualidade química de tomate em condições de armazenamento sob diferentes cortes

  • Daniel Kist
  • Ederson Kunzler da Silva
  • Claudia Klein

Resumo

O tomate (Solanum  lycopersicon) e uma cultivar de grande escala econômica no brasil e no mundo, devido a sua grande demanda mundial, usado principalmente na indústria. No grupo da hortaliças o tomate tem  papel econômico e social. O objetivo desse trabalho foi avaliar parâmetros de qualidade de tomate submetidos a diferentes cortes, acondicionado em ambientes refrigerado. Os frutos foram obtidos em estádio de maturação. Foram feitas duas avaliações, uma antes do armazenamento e outra após 21 dias. Avaliou-se potencial hidrogeniônico (pH), perda de massa seca (%), penetrômetria, acidez total titulável (ATT), sólidos solúveis totais (SST), relação SST/ATT. Concluindo que o processo de armazenamento aumenta a perda de massa seca, diminui o pH e diminui a acidez total titulável.

Publicado
12-06-2019
Como Citar
Kist, D., da Silva, E. K., & Klein, C. (2019). Qualidade química de tomate em condições de armazenamento sob diferentes cortes. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e21092. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/21092
Edição
Seção
Área das Ciências Agrárias – Artigos