QUALIDADE FÍSICA DE SUBSTRATOS

  • Andrei Pablo Geraldi
  • Juliano Sfredo
  • Mathias Back
  • Thiago Augusto De Carli
  • Claudia Klein

Resumo

O substrato é essencial para a produção de mudas, serve de suporte e regula a disponibilidade de nutrientes para o desenvolvimento das raízes, resultando em boas plantas e por isso, é ideal para flores. Para a pesquisa escolheu-se dois substratos, Húmus de minhoca e Violetas, colocou-se os dois substratos secar em estufa, após realizou-se a tamisação por cerca de 30 segundos com movimentos circulares para descobrir qual a massa de cada substrato de peneiras separadas. Em um becker colocou-se substrato em uma proporção 1 de substrato 5 de água para determinar pH. Após o substrato secar, colocou-se 10 gramas em um balão volumétrico, adicionou-se 50mL de álcool e agitou-se com movimentos circulares para expulsar o ar. Realizou-se a drenagem da amostra, colocando em funis de Haynes. Com relação aos substratos agrícolas Húmus e Violetas, foram identificados os seguintes pH: 4,7 e 4,5 respectivamente. A densidade foi de 0,52 g cm-³ para o Húmus e 0,63 g cm-³ para Violetas. Para a porosidade foi encontrado os resultados de 0,51 cm³ cm-³ para Húmus e 0,492 cm³ cm-³ para Violetas. Quanto aos sólidos dos substratos pesquisados, foi identificado 0,039 cm³ cm-³ Violetas e 0,011 cm³ cm-³ para Húmus.

Publicado
06-06-2019
Como Citar
Geraldi, A. P., Sfredo, J., Back, M., De Carli, T. A., & Klein, C. (2019). QUALIDADE FÍSICA DE SUBSTRATOS. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e20866. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/20866
Edição
Seção
Área das Ciências Agrárias – Artigos