PLANTÃO PSICOLÓGICO EM CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL NO MUNICÍPIO DE PINHALZINHO/SC

  • Adriana Luísa Bublitz Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Anderson Luis Schuck

Resumo

O plantão psicológico refere-se ao atendimento psicológico, de cunho emergencial, que visa o acolhimento de indivíduos ou grupos em contextos de sofrimento psíquico ou emocional. As atividades de Plantão Psicológico foram realizadas pelos acadêmicos do 8° período do curso de Psicologia, no componente curricular de Psicologia da Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Pinhalzinho/SC, objetivando a inserção dos acadêmicos em contextos de atuação. Nesse sentido, as atividades desenvolvidas incluíram a observação da rotina dos serviços, diálogo com profissionais e usuários, escutas individuais (plantão), participação e desenvolvimento de atividades em grupos e visitas domiciliares, no contexto do Centro de Atenção Psicossocial. Tal inserção na comunidade possibilidade uma aproximação da Universidade com o contexto social local, ampliando o olhar para os sujeitos e suas demandas, e proporcionando novas configurações nos fazeres das políticas públicas.

Palavras chaves: Plantão Psicológico. Centro de Atenção Psicossocial.

Referências

BASTOS, Alice Beatriz B. Izique. A técnica de grupos-operativos à luz de Pichon-Rivière e Henri Wallon. Psicólogo inFormação, ano 14, n. 14, jan./dez. 2010. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psicoinfo/v14n14/v14n14a10.pdf>. Acesso em: 20 nov. 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria GM/MS nº 336, de 19 de Fevereiro de 2002. Estabelece que os Centros de Atenção Psicossocial poderão constituir-se nas seguintes modalidades de serviços: CAPS I, CAPS II e CAPS III, definidos por ordem crescente de porte/complexidade e abrangência populacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 fev. 2002. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2002/prt0336_19_02_2002.html>. Acesso em: 18 nov. 2018.

CANTELE, Juliana; ARPINI, Dorian Monica. Ressignificando a Prática Psicológica: o Olhar da Equipe Multiprofissional dos Centros de Atenção Psicossocial. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 27, n 1, p. 78-89, Jan/Mar. 2017. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pcp/v37n1/1982-3703-pcp-37-1-0078.pdf>. Acesso em: 21 nov. 2018.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Referências Técnicas para Atuação de Psicólogas(os) no CAPS - Centro de Atenção Psicossocial. Brasília: CFP, 2013.

DAHER, Ana Claudia Broza et al.. Plantão psicológico a partir de uma escuta psicanalítica. Semina: Ciências Sociais e Humanas, Londrina, v. 38, n. 2, p. 147-158, 2017. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/seminasoc/article/view/32074/23033>. Acesso em: 18 nov. 2018.

OAKLANDER, Violet. Descobrindo crianças: a abordagem gestáltica com crianças e adolescentes. São Paulo: Summus, 1980.

SOUZA, Thaís Sampaio de; MIRANDA, Marlene Barreto Santos. Horticultura como tecnologia de Saúde Mental. Revista Psicologia, Diversidade e Saúde, v. 6, n. 4, p. 310-323, 2017. Disponível em: <https://www5.bahiana.edu.br/index.php/psicologia/article/view/1662>. Acesso em: 18 nov. 2018.

SPINK, Mary Jane. Clientes, cidadãos, pacientes: reflexões sobre as múltiplas lógicas de cuidado na atenção à saúde. Saúde Soc., São Paulo, v. 24, supl. 1, p. 115-123, 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v24s1/0104-1290-sausoc-24-s1-00115.pdf>. Acesso em: 09 fev. 2019.

ZURBA, Magda do Canto. Contribuições da Psicologia Social para o psicólogo na saúde coletiva. Psicologia & Sociedade, v. 23, p. 5-11, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/psoc/v23nspe/a02v23nspe.pdf>. Acesso em: 18 nov. 2018.

Publicado
15-02-2019
Como Citar
Bublitz, A., & Schuck, A. (2019). PLANTÃO PSICOLÓGICO EM CENTRO DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL NO MUNICÍPIO DE PINHALZINHO/SC. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc São Miguel Do Oeste, 4, e20188. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeusmo/article/view/20188
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Inserção na comunidade