QUEREMOS OU NÃO QUEREMOS CONVIVER? QUEREMOS ESSE NOSSO QUERER? UMA REFLEXÃO EM MATURANA E XIMENA

Autores

  • Adriano França Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Amar é ter um pássaro pousado no dedo, quem tem um pássaro pousado no dedo, sabe que a qualquer momento ele pode voar, assim sabiamente escreveu o poeta Mário Quintana, e de fato amar pressupõe uma entrega total, absoluta, gratuita, sem barganha ou moeda de troca. O ser humano vive o desespero de querer encontrar no outro as respostas para sua intrínseca solidão, e faz do outro, muitas vezes, bengala de apoio e tábua de salvação para suas inseguranças. Perdemos o caminho do amar, esquecemos o que é amar, em meio a tantos clichês e tantas máscaras sociais que esvaziam em si o sentido do amar.

Downloads

Publicado

30-06-2021

Como Citar

França, A. (2021). QUEREMOS OU NÃO QUEREMOS CONVIVER? QUEREMOS ESSE NOSSO QUERER? UMA REFLEXÃO EM MATURANA E XIMENA. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Joaçaba, 6, e27969. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuj/article/view/27969

Edição

Seção

Área das Ciências da Educação – Resumos expandidos