ATORES QUE INFLUENCIAM NA MOTIVAÇÃO DOS COLABORADORES DE UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO

  • Tadiane Regina Popp Unoesc
  • Mariana Patricia Primon UNOESC

Resumo

Com as mudanças de perspectivas no cenário, as organizações estão sendo submetidas aos mais diferentes desafios continuamente, inclusive para garantir a perenidade dos seus serviços a partir da retenção de talentos, exigindo uma visão holística por parte dos profissionais da área que devem buscar manter-se atualizados para revisão das políticas praticadas. Acompanhando a revolução das metodologias de gestão pessoal, tem-se percebido variações no que tange o conceito de qualidade de vida, bem como motivação e satisfação no ambiente de trabalho, havendo interferência das novas gerações que são inclusas no mercado e apresentam percepções renovadas que afetam a continuidade das organizações. Nesse sentido, o presente estudo buscou analisar os aspectos motivacionais de uma cooperativa de crédito situada no meio-oeste catarinense, concluindo-se que as atuais práticas de gestão de pessoas aplicadas condizem com as necessidades das gerações envolvidas, além disso, identificou-se um nível considerável de incidência de sintomas relativos ao estresse e síndrome de burnout, sendo um ponto de atenção para os gestores da instituição e possível temática para futuras pesquisas alusivas à qualidade de vida no trabalho.

Publicado
21-12-2020
Como Citar
Popp, T. R., & Primon, M. P. (2020). ATORES QUE INFLUENCIAM NA MOTIVAÇÃO DOS COLABORADORES DE UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Joaçaba, 5, e27119. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuj/article/view/27119
Edição
Seção
Área das Ciências Sociais – Artigos