INCIDÊNCIA DE SÍFILIS GESTACIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE (2012-2016), BRASIL

  • John Allef Santos Medeiros
  • Alissandra Alcântara da silva
  • Ariana Rodrigues Galvão Paiva Discente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
  • Isabela de Lima da Silva Discente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
  • Amanda Almeida Gomes Dantas Mestre em Saúde Pública pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • dany geraldo kramer universidade federal do rio grande do norte

Resumo

A sífilis na gestação é responsável por morbimortalidade intrauterina, embora apresente fácil tratamento e diagnóstico. Assim, objetivou-se analisar as características da sífilis na gestação no Rio Grande do Norte (entre 2012 a 2016). Trata-se de um estudo retrospectivo e quantitativo, utilizando dados de domínio público por meio do aplicativo TABNET do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Os dados utilizados foram dos casos confirmados de sífilis na gestação no estado, registrados no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2016. Nesse espaço de tempo foram confirmados 1.161 casos de sífilis gestacional. Desses, o maior número de casos foi na capital Natal com 364 casos. A maioria obteve teste não treponêmico reativo e classificação da sífilis como primária. Com base nos resultados, observou-se alta taxa de incidência de sífilis gestacional. Tendo em vista isso, há necessidade de ações eficazes, com foco na qualidade do pré-natal, com teste de sífilis para todas as grávidas. É preciso ampliar o diagnóstico laboratorial e disponibilizar todo o tratamento necessário durante o pré-natal e no momento do parto com o intuito de diminuir as chances de transmissão para o feto.

Biografia do Autor

John Allef Santos Medeiros

Disente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Alissandra Alcântara da silva

Discente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Publicado
22-10-2020
Como Citar
Santos Medeiros, J. A. ., da silva, A. A., Galvão Paiva, A. R., da Silva, I. de L. ., Gomes Dantas, . A. A. ., & geraldo kramer, dany. (2020). INCIDÊNCIA DE SÍFILIS GESTACIONAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE (2012-2016), BRASIL . Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Joaçaba, 5, e26594. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeuj/article/view/26594
Edição
Seção
Área das Ciências da Vida e Saúde – Artigos