ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO: MUITO MAIS QUE UMA METODOLOGIA DE MENSURAÇÃO

  • Celso Paulo Costa

Resumo

Amartya Kumar Sen, indiano natural de Santiniketan, foi o principal responsável pela criação da metodologia de mensuração do Índice de Desenvolvimento Humano. Sen iniciou seu estudo voltado para a economia em 1951 e em 1959 finalizou seu doutorado na mesma área, tornando-se professor e grande estudioso da área da economia. Conhecido internacionalmente pela sua dedicação e busca por soluções concretas para o combate a fome, a pobreza e a defesa da liberdade, em 1998, o mundo voltou os olhos para a revolução que a criação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) havia causado, concedendo a Sen o prêmio nobel de economia. Quando se fala em mensuração do desenvolvimento das sociedades, até 1990 esse índice era mensurado somente pela quantidade de riquezas que os países eram capazes de produzir, ou seja, o seu Produto Interno Bruto (PIB). Com a teoria criada por Amatya e seu colega paquistanês Mahbub ul Haq, foram inseridos outros parâmetros para essa mensuração, sendo eles: Educação, Saúde e Economia, o que viabilizou demonstrar em dados mais fidedignos a realidade de cada pais.

Publicado
04-07-2019
Como Citar
Costa, C. (2019). ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO: MUITO MAIS QUE UMA METODOLOGIA DE MENSURAÇÃO. Anuário Pesquisa E Extensão Unoesc Chapecó, 4, e21244. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/apeucco/article/view/21244
Edição
Seção
Área da Ciência Jurídica – Resumos