[1]
G. M. Barbieri, P. B. da Silva, e E. L. Bonamigo, “Influência da relação médico-familiar na comunicação do diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA)”, AM, nº 1, p. 63-64, out. 2018.