Déficit emocional e atencional num trabalho multidisciplinar: um estudo de caso

  • Patrícia Aparecida Pedroso UNOESC
  • Ana Patrícia Alves Vieira Parizotto UNOESC-SC

Resumo

Introdução: Diversos são os motivos que podem levar nossos jovens a demonstrarem inquietação, como: uma inteligência ativa, questionadora e a falta de resposta no meio familiar e/ou escolar; ou um chamado inconsciente de atenção em relação a diferentes problemas de ordem psicológica ou psicopedagógica. Objetivo: Com o objetivo de oportunizar a acessibilidade e inclusão no Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) da Unoesc Joaçaba, local onde são atendidos alunos com deficiências e com dificuldades de aprendizagem, buscou-se identificar a possível interferência de aspectos dos meios social, cultural, familiar e educacional no seu processo de aprendizagem. Metodologia: A metodologia utilizada foi um estudo de caso a partir de atendimentos a uma discente. Também se aplicou pesquisa bibliográfica, sendo esta de cunho qualitativo. Nesse contexto, trabalhou-se com uma aluna em diagnóstico e intervenção psicológica e psicopedagógica. O caso trata-se de problemas de atenção, concentração e dificuldades emocionais/comportamentais. A aluna chegou à Instituição apresentando laudo de acompanhamento psiquiátrico. Assim, adotaram-se alguns instrumentos de pesquisa como a anamnese e o diagnóstico, os quais forneceram dados importantes para a verificação e identificação do processo de desenvolvimento e apropriação do conhecimento percorrido pela aluna. Resultados: De posse do resultado dos instrumentos foi planejada e proposta a intervenção, concentrando-se em atender às necessidades da acadêmica, oferecendo condições para um melhor desempenho no desenvolvimento do papel de universitária. Conclusão: Os resultados obtidos sugerem que com o acompanhamento psicológico e psicopedagógico os alunos mostram-se responsáveis pela construção do seu conhecimento e, desta forma, tornam-se acessíveis e comprometidos.

Palavras-chave: Multidisciplinariedade. Psicologia. Psicopedagogia.


 

Biografia do Autor

Patrícia Aparecida Pedroso, UNOESC
Professora  de graduação e pós-graduação, coordenadora Extesnão e pós-graduação EAD, professora EAD, Psicopedagoga Clínica no NAI - Núcleo de acessibilidade e inclusão.
Ana Patrícia Alves Vieira Parizotto, UNOESC-SC
Coordenadora do NAi- Núcleo de Acessibilidade e Inclusão, Professora graduação, Psicóloga no NAI.

Referências

Organização Mundial da Saúde. CID-10 Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. 10a rev. São Paulo: Universidade de São Paulo; 1997. vol.1.

Organização Mundial da Saúde. CID-10 Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. 10a rev. São Paulo: Universidade de São Paulo; 1997. vol.2.

FERNÁNDEZ, Alícia. A Atenção Aprisionada: Psicopedagogia da Capacidade Atencional. Porto Alegre: Penso, 2012.

HOLMES, David S. Psicologia dos transtornos mentais. 2 ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

Publicado
02-10-2018
Como Citar
Pedroso, P. A., & Parizotto, A. P. A. V. (2018). Déficit emocional e atencional num trabalho multidisciplinar: um estudo de caso. Anais De Medicina, (1), 41-42. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/anaisdemedicina/article/view/18992
Edição
Seção
Resumos