Natureza versus Homem: Ensaio humano-ambiental na sociedade de consumo

  • Edinaldo Enoque Silva Junior UNOESCSMO
  • Felipe Bueno Amaral UNOESCSMO

Resumo

Este artigo visa a discutir a crise ambiental como resultado do consumo desordenado imposto de maneira sutil pelo sistema capitalista. Discute a necessidade de a sociedade compreender que a única forma de se reduzir as emissões líquidas, sólidas e gasosas no planeta é mediante a redução do consumo. Consequentemente, fez-se necessário, para tanto, discutir a importância de uma re (estruturação) de valores morais no homem, com o objetivo de desconstruir a ideia de ser que domina e modifica o meio ao seu favor, para ser condicionado ao meio que o circunda. Discutiu-se a importância da educação ambiental voltada para a complexidade terrestre, e das instituições de ensino nesse processo de elucidação multidisciplinar da técnica, do meio ambiente e do homem.

Palavras-chave: Meio ambiente. Capitalismo. Educação.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edinaldo Enoque Silva Junior, UNOESCSMO
Pesquisador, Graduado em História pela Universidade do Oeste de Santa Catarina, especialista em Ciências Sociais. Professor de História e Sociologia do ensino médio e fundamental do Colégio Jesus Maria José, São Miguel do Oeste, SC. Rua La Salle, 2500, CEP 89900-000. emal. enoquesmo@hotmail.com.  
Felipe Bueno Amaral, UNOESCSMO
Pesquisador iniciação científica UNOESC, grupo Educação e Conhecimento, Tecnólogo em Gestão Ambiental UNOESC,  Especialização em andamento em Sociologia Política pela UFPR.
 
Publicado
21-03-2011
Como Citar
Silva Junior, E. E., & Amaral, F. B. (2011). Natureza versus Homem: Ensaio humano-ambiental na sociedade de consumo. Unoesc & Ciência - ACSA, 1(2), 147-154. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/acsa/article/view/677