AUTÓPSIA PSICOLÓGICA FAMILIAR: COMPREENDENDO O PERFIL EPIDEMIOLÓGICO E BIOPSICOSSOCIAL DO SUICÍDIO

Autores

  • Abel Petter Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Verena Augustin Hoch Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Compreender o perfil epidemiológico e biopsicossocial das mortes por suicídio em um contexto familiar e em uma determinada região é fundamental para que se possa pensar em um estudo interpretativo das possíveis causas que estejam contribuindo para o fenômeno, a fim de que se possam elaborar métodos eficientes para a sua prevenção. Neste estudo analisou-se o perfil epidemiológico de 186 casos de suicídio ocorridos no Extremo-Oeste de Santa Catarina, no período de 2010 a 2015, e, por meio da autópsia psicológica familiar, foi aplicado um roteiro de entrevista semiestruturada com 12 famílias, que compreendeu os aspectos biológicos, psicológicos e sociais envolvidos no fenômeno do suicídio. Os índices de suicídio apresentaram um total de 85% em homens e de 15% em mulheres; as faixas etárias em que mais ocorreram as mortes estão entre 41 e 60 anos de idade, somando 86 casos no período estudado. Em relação aos meios empregados, o enforcamento representa 76%, seguido por arma de fogo com 8,6%, intoxicação exógena, 3,76% e arma branca, 3,24%. O Extremo-Oeste catarinense apresenta altos índices de mortalidade por suicídio, estando acima da média nacional e estadual, sendo comparável aos maiores do País, o que se tem como evidência a ser investigada em estudos seguintes.

Palavras-chave: Suicídio. Autópsia psicológica. Perfil epidemiológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Abel Petter, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Acadêmico do curso de graduação em Psicologia. Bolsista do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina - UNIEDU – Unoesc, Campus de São Miguel do Oeste.

Verena Augustin Hoch, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS, Professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc, Campus de São Miguel do Oeste.

Downloads

Publicado

2016-12-01

Como Citar

Petter, A., & Hoch, V. A. (2016). AUTÓPSIA PSICOLÓGICA FAMILIAR: COMPREENDENDO O PERFIL EPIDEMIOLÓGICO E BIOPSICOSSOCIAL DO SUICÍDIO. Unoesc & Ciência - ACHS, 7(2), 161–168. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/achs/article/view/11977